6 de novembro de 2013

livro com 153 filmes de super-heróis


O livro “Super-Heróis no Cinema e nos Longas-Metragens da TV”, de autoria de André Morelli, traz uma lista de 153 filmes de super-heróis. A obra mostra desde os famosos Batman e Homem-Aranha até desconhecidos e obscuros mocinhos.
“Demorei cerca de um ano para fazer o livro e toda a brincadeira foi encontrar o material mais obscuro”, fala o autor. A obra traz resenhas, fichas técnicas, fotos e curiosidades sobre as revistas nas quais as produções cinematográficas se basearam.
Encontrar fotos de alguns dos filmes também foi um problema para Morelli. Segundo ele, muitas obras não possuem material de divulgação e muito menos são distribuídas no Brasil. “Muita imagem nós capturamos diretamente dos DVDs, tivemos que importar muito material”, explica.
Morelli lê histórias em quadrinhos desde os cinco anos de idade e a primeira adaptação de um super-herói que viu nos cinemas foi o longa “Batman”, de Tim Burton, lançado em 1989. “Boa parte da lição de casa já estava feita desde a infância. Adoro quadrinhos, meu pai é cinéfilo e acabou passando isso pra mim”.
As análises das adaptações tiveram, segundo ele, bom senso, pois “não dá para imaginar no cinema o Hugh Jackman como Wolverine e usando um colant amarelo”.
Entre as surpresas encontradas pelo autor está a de que o primeiro filme do Homem-Aranha teve distribuição no Brasil na década de 1970 e que o segundo longa da mesma década foi originário de dois episódios de televisão. “Eram dois capítulos da série que a distribuidora resolveu, na estratégia internacional, juntar e vender como se fosse um filme só”.
No entanto, ele considera como seu maior achado o filme “Friday Foster”, protagonizado pela atriz norte-americana Pam Grier. A personagem criada por Jim Lawrence é uma fotógrafa de moda que também faz o papel de investigadora policial.
“Trata-se de um típico filme blaxploitation (direcionado para o público negro e urbano dos EUA). Um elenco formado todo por atores negros, a trilha só de soul music. Mas o legal é que foi adaptação da primeira mulher negra a estampar uma tira de jornal”, comenta Morelli.
Marvel
Depois de ter fichado diferentes histórias em quadrinhos, o autor aposta em algumas mudanças no futuro do mercado, já que a compra da Marvel pela Disney por US$ 4 bilhões vai modificar o balanço de forças do setor.
“A Disney tem o perfil mais conservador e, com o tempo, os temas mais polêmicos que são publicados pelo selo Max - como drogas- vão começar a sumir da Marvel, vão se tornar mais raros”, prevê Morelli.
Por outro lado, explica o escritor, a Marvel não vai precisar mais procurar por parceiros para seus filmes, já que terá todo o apoio da empresa criadora de Mickey Mouse. Desse modo, haverá certo equilíbrio entre a Marvel e a DC Comics - dona de personagens como Batman e Super-Homem – que pertence ao grupo Time Warner.
“Com a compra da Marvel, o mercado de desenhos animados, vai ficar realmente animado”, conclui Morelli, que de todos os superpoderes possíveis, gostaria apenas de voar.

Serviço
“Super-Heróis no Cinema e nos Longas-Metragens da TV”
Autor: André Morelli
Editora Europa
148 páginas
Preço: R$ 39,90