3 de fevereiro de 2012

Peter David


Ocupação: roteirista
Ano de nascimento: 1956
Naturalidade: Estados Unidos
Estréia: Roteiros para a revista Amazing Spider-Man, em 1985.
Primeiro êxito com super-heróis: Seu nome começou a se tornar reconhecido no meio quando assumiu a revista do Hulk, da qual até hoje é roteirista.
Grandes trabalhos: Além de ter realizado vários projetos com o gigante esmeralda, David já roteirizou aventuras de personagens clássicos como Aquaman e Super-Moça, e até se dedicou a criações próprias como Sachs & Violens (revista da série Heavy Hitters, da Epic, desenhada por George Perez).
Curiosidades: Na aventura histórica que mostra o casamento de Marlo e Rick Jones, o padre da cerimônia foi desenhado à imagem e semelhança de Peter David.

Nascido em 23 de setembro de 1956, o escritor Peter David entrou no mercado de quadrinhos de forma diferente da maioria. David começou sua carreira na Marvel, ocupando o cargo de assistente de vendas diretas, mais tarde se tornando gerente de vendas da editora. Quando percebeu que estava retomando sua antiga paixão por histórias em quadrinhos, David propôs histórias para alguns dos personagens principais da Marvel, o que fez com que ele acabasse assumindo a função de roteirista de alguns deles. Entre seus trabalhos iniciais mais famosos está a história, "A Morte de Jean DeWolff", apresentada nos números 107 a 110 da revista Spectacular Spider-Man (1985). Desde então, passou por vários títulos menores, como Merc e Justice, da extinta linha Novo Universo. Mas David realmente se tornou famoso quando se tornou o escritor do Incrível Hulk, em 1987, mudando a concepção do personagem e transformando a revista numa das maiores vendas da Marvel. Fã inveterado de Jornada nas Estrelas, David roteirizou durante muito tempo a adaptação para os quadrinhos do seriado, lançada pela DC Comics, além de ter escrito vários romances com seus personagens. Em 1991, começou a escrever de forma regular o título X-Factor, da Marvel, naquele que hoje é considerado o melhor período da revista. Infelizmente algumas das idéias radicais que ele tinha sobre os heróis mutantes não foram aceitas pela editora e David acabou abandonando a série. Junto a Billy Mumy, ele desenvolveu em 1995 o seriado de TV Casos Espaciais, em exibição no canal pago Nickelodeon, e tambem escreveu varios episódios para a série Babylon 5. O escritor realizou um dos sonhos de sua infância quando recebeu, em 1996, a tarefa de co-escrever a mini-série de Marvel vs. DC, que foi um sucesso estrondoso no mundo todo. Atualmente divide seu tempo entre as séries Aquaman, Supergirl, Soulsearchers and Company e O Incrível Hulk, que vem escrevendo há mais de dez anos.