28 de junho de 2012

J.M. De Matteis

Ocupação: roteirista
Ano de nascimento: 1954
Naturalidade: Estados Unidos
Estréia: Começou vendendo pequenos roteiros para a Crazy (revista da Marvel criada no embalo do sucesso da Mad), em meados dos anos 70. Seus primeiros trabalhos, digamos, mais sérios começaram a ser publicados em 1977, na revista House of Mistery, da DC.
Primeiro êxito com super-heróis: Apesar de ter escrito histórias de diversos super-heróis, foi só no final dos anos 80 que De Matteis começou a se afirmar no gênero, ao co-roteirizar as aventuras bem humoradas da nova Liga da Justiça
Grandes trabalhos: Antes da Liga, J. M. já havia provado seu valor como roteirista, ao escrever mini-séries memoráveis como Blood e Moonshadow. Depois da Liga, seu estilo narrativo começou a explorar o lado interior dos super-heróis, e passou a fazer com que estes colocassem seus demônios para fora com mais freqüência. O trabalho do argumentista com o Homem-Aranha, o Cavaleiro da Lua e o Demolidor é um bom exemplo disto. De Matteis também desenvolve trabalhos no selo Vertigo, da DC, como a revista Seekers Into The Mystery.
Curiosidades: Quando recebeu o convite para escrever as histórias da Liga da Justiça, J. M. de Matteis a princípio deu uma resposta negativa. Só decidiu trabalhar nelas quando soube que teria como parceiro Keith Giffen.